O Foco 156 Pdf

  • Published on
    24-May-2015

  • View
    701

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

  • 1. ANO X / EDIO 156 21 A 27 DE NOVEMBRO 2009 www.agenciapress.netPSDB XCMARA ABRE COMISSOMARCONI EVANDROLAMENTAMAGAL PROCESSANTE CONTRA MAGDA AES DO PP Segundo resoluo do Tri-O senador Marconi Perillo bunal Superior Eleitoral (PSDB) lamentou que o (TSE), apenas quatro ca- partido no tenha sido cha- sos salvariam os mandadosmado pelo governador do poltico que trocou deAlcides Rodrigues (PP) partido: perseguio polti- para as conversas sobre a ca; fuso ou incorporaosucesso estadual em 2010. de siglas; criao de um Lamento que o PSDB no novo partido ou ainda mu-tenha sido convidado para dana de projeto no parti- esse tipo de articulao. do abandonado. O enten-At porque o PSDB apoiou dimento da meritssima o PP nas ltimas trs elei- de que seja realmente pre- es de governador e pre- ciso arrolar as testemu- feito de Goinia (2004, 2006 nhas, para que se esclare- e 2008), afirmou, momen- am as possveis dvidas tos antes de participar de processuais e a Justia pos- sesso especial em home- sa julgar eximiamente o li-nagem empresa Italac, na tgio. Assembleia Legislativa.Pg: 04Pg: 03 Pg: 05

2. 221 A 27 DE NOVEMBRO DE 2009EDITORIAL CRISTAL, A NOVA BOMBANO DESANIMAR NUNCA! res no aponta os dados,As autoridades envolvi-duz desemprego, desagre-H poucos dias me deparei com um amigo que no para-das no combate aos en- ga famlias, tolhe o futuro mas estima-se que sejamva de reclamar da vida, parece at que ele encarnava atorpecentes esto per- de milhares de pessoas. outros 150 mil. como sefamosa Lei de Murphy, que defende que se alguma coisa dendo a luta para as dro-Como nas outras substn-a quarta maior cidade depode dar errado, vai dar. Tipo aquelas pessoas que aze- gas, mas no por serem cias, tambm nas drogas Gois fosse habitada ape-dam qualquer conversa ou encontro com afirmaes nada pequenos o esforo e a permitidas h uma esca- nas por zumbis.positivas, como: se eu lavo o carro de manh, chove competncia. A questo lada: comea com oPara agravar o jtarde; se vai para a cama mais cedo, o telefone toca; a mistura entre facili-chopinho acompanhadogravssimo quadro, surgegram so encontrveis nase deixa cair um pedao de po, a parte com manteiga dade para encontrar os dos amigos nos churras- uma droga que conseguefarmcia ou no mercadocai sempre para baixo; se leva o carro para o mecni- produtos, o poderco de fim de semana, logo ser mais devastadora eda esquina. H quem co-co ver, na hora o carro no aparenta o problema; quan-viciante, a variedade de est bebendo tambm nos mais barata que o crack.mece a procur-la parado tudo est bom, cuidado, sinal de problema ali na preos e a impunidadedias teis, passa para a o cristal, umaemagrecer ou como esti-frente, ou seja, pessimismo o lema!generalizada, que livra opinga e da para a doena metanfetamina tambmmulante sexual. QuandoO mundo est infelizmente recheado desse tipo de pes- usurio por falta de lei e uma questo de meses, chamada de vidro epercebe, resta apenas osoa que no consegue ver soluo para nada e ainda poro traficante por falta depoucos meses. No segelo. O prprio dicion-cadver. Com poucoscima quer convencer os outros que est com a razo. E o estrutura do poder pbli-quer dizer aqui que todos rio Aurlio definemeses de uso, os dentesperigo se torna maior visto que algumas pessoas acabamco. Outro problema a os consumidores de cer- metanfetamina comoficam podres e caem. Odando ouvidos s convices pessimistas. Temos que tervariedade em substnci-veja sejam alcolatras ou substncia cristalina, in- corpo envelhece um mscuidado para no nos deixarmos contaminar por este v-as e preos. Tem muito caminhem, trpegos, paracolor, derivdadapara cada dia de consu-rus, pois o nosso futuro depende de como nos comporta-dinheiro? P. Tem mais isso. No. Este texto anfetamina. E adverte: mo. No auge do transe, omos frente s situaes problemticas que aparecem di-ou menos? Maconha. apenas um alerta. como a anfetamina, usa- usurio sente que baratasante de ns.Tem s uns troquinhos? Das drogas ilcitas, a cam- da em medicina (e tam-esto andando sob suaPor este motivo, fundamental saber como enfrentar osCrack ou merla. Quan-pe em preferncia abm ilicitamente) comopele e, para se livrar dadesafios que esto vindo com cada vez mais fora para do os combatentes do mesma que lidera oanorxico e estimulante.aflio, arranca postas daderrubar-nos. Geralmente quando estamos enfrentando setor esto se acostu-ranking da destruio doO cristal cinco vezes prpria carne.um desafio, esquecemos de olhar para o lado ou para mando com uma aber- organismo, o crack. O mais forte que a cocana, Intil torcer para o cristalcima em funo de ficarmos com a cabea baixa, olhan- rao, surge algo mais psiquiatra Paulo Soares,mais barato que o crack ou qualquer outra novado estritamente para o problema, tentando resolv-lo avassalador ainda. pesquisador que estudae vicia mais que herona. droga passar longe daqui.nossa maneira, enquanto que na maioria das vezes a so-Claro, a droga mais usa- dependentes qumicos em O crack, at onde seDeve-se preparar o arse-luo est do seu lado, ou no alto, e voc no v. Essa da no Brasil inteiro, de Gois, revela uma estats-sabe, ainda no chegou ao nal para combat-la, semuma atitude muito curiosa, visto que literalmente o olhar Caldas Novas a guatica assombrosa: o nme-Brasil. Pelo ritmo de suasbaixar as armas contrri-para o lado e para cima faz um bem enorme para a sa- Limpa, de Morrinhos aro de goianienses viciadoscongneres anteriores,as s demais.de, pois provoca o to importante relaxamento, pea fun-Catalo, a cerveja. Aem crack mais de 300deve desembarcar logo.damental para obter respostas para o dia-a-dia. Na partebebida alcolica uma vezes maior que h cincoTudo associado a ela Demstenes Torres comportamental, a atitude de olhar para o lado e para droga lcita, mas por seranos. Na Capital, segun-bombstico. fcil deprocurador de Justia ecima traz uma incrvel sensao de que no estamos so-lcita no deixa de serdo seus relatrios, so 50manipular, pois os produ- senador (twitter.com/zinhos na batalha. Quantos amigos esto ao nosso lado, edroga. O alcoolismo pro- mil. No interior, dr. Soa-tos qumicos que a inte-demostenes_go)quanto poder tem o nosso Deus que est l em cima,ansioso por receber um pedido nosso para mostrar o seuinfinito amor. Por isso, na hora de ir de encontro com assuas lutas, no v com a certeza de que j perdeu, no douvidos aos pessimistas, busque novas fontes de energiae nunca desanime, pois no vale a pena. QUASAR CIA DE DANA FARTeresa Cristina (Teka), Editora e Produtora ExecutivaAPRESENTAO EM CALDAS NOVAS FRASES DA SEMANA! Faltei duas sesses no ano pra fazer quimioterapia... no sou como uma vereadora que falta para colocar botox na cara e enchimento na bunda. (Vereadora Silvnia Fernandes)Tem gente que to pobre, mas to pobre, que s tem dinheiro. (Vereador Evando da Cruz)A Diretora da Quasar Cia de Dana, Vera Bicalho, juntamente com a produtora da companhia, Marci, estiveram em Caldas Novas na tera-feira, 17 de novembro, com a Diretora Municipal de Cultura, Adriana O preo da imparcialidade conviver com a medio-Dias, para acertar detalhes do espetculo que acontece no prximo dia 28 de novembro, no Centro de Conven- cridade de quem no entende o sentido da palavra.es do Municpio. (Radialista Adriana Mota) A apresentao faz parte de um projeto do Ministrio do Turismo, do qual a QUASAR faz parte. Eles fazem um circuito de apresentaes nas cidades do interior de Gois, com o objetivo de levar espetculos, das No tenho medo de ningum, nem de vereadora, nem metrpoles brasileiras, para mais perto do nosso interior, possibilitando populao maior acesso cultura. do zorro e nem do Batman tambm. A Prefeitura Municipal de Caldas Novas apia o projeto e abre as portas para receber este grupo de renome (Vereador Andr Rocha)internacional proporcionando cidade opo de entretenimento, cultura e educao. A entrada franca e os ingressos estaro disposio para os interessados a partir do dia 25 de novembro na O Brasil um paraso de pedfilos. Sede da Secretaria Municipal de Cultura, na Secretaria Municipal do Turismo e na Secretaria Municipal de (Senador Magno Malta) Educao. (Fonte: SECOM) www.agenciapress.net ABRANGNCIA Caldas Novas, Morrinhos, Rio Quente, Piracanjuba, Pontalina, Jovinia, Dorothi DominguesAgncia Press Teresa Cristina (Teka) Vicentinpolis, Panam, Goiatuba, Bom Jesus, Itumbiara, Buriti Alegre, DIRETORA GERALEDITORAO/ DIAGRAMAOJORNALISTA/PRODUTORA gua Limpa, Marzago, Corumbaba, Goiandira, Ouvidor, Nova Aurora, drdomingues@terra.com.br agenciapress@terra.com.brEXECUTIVA - DRT 3514 (MTB) Catalo e Goinia. MATRIAS PAGAS, ARTIGOS ASSINADOS E PUBLICADOS NESTE JORNAL, NO REPRESENTAM NECESSARIAMENTE A OPINIO DA DIRETORIA E SO DE INTEIRA RESPONSABILIDADE DOS AUTORES. 3. 21 A 27 DE NOVEMBRO DE 2009 3CMARA DE VEREADORES ABRE FOCO POLTICOCOMISSO PROCESSANTE INIMIGA? A vereadora Magda Mofatto (PTB) tratada comoEm resposta s acusaes apresentadas, a vereadora Magda Mofatto alegou no ter conhecimento e uma espcie de inimiga pblica nmero um porafirmou ter direito de saber qual o teor da denuncias. Na oportunidade a parlamentar afirmou ter seus pares. Em quase um ano de mandato, no con- feito um requerimento verbal solicitando cpia do processo, o que, segundo ela, teria sido negado.seguiu ser ouvida de fato em nenhum projeto. Tudo o que apresenta em plenrio derrubado, s ve- A Cmara de Vereadoresmente aps as acusaes zes sem ao menos se apreciar o mrito da ques- de Caldas Novas decidiu,serem apuradas que ser to. Para bom entendedor, Mofatto estaria enqua- em sesso plenria na noi-decidido se cabe arquiva- drada na mxima atribuda ao ex-presidente Get- te desta quarta-feira (18/mento ou prosseguimento lio Vargas: para os amigos, tudo; para os inimigos, 11), instalar uma Comissodas denncias. Mas tenham os rigores da lei. Ou no? Processante (CPI) paracerteza que o legislativo apurar denncias contra a no ir fugir de sua respon- vereadora Magda Mofatto sabilidade constitucional e CRONOMETRADO! Hon (PTB). As acusaes regimental,